Principal | Manuais e Livros | O homem que não queria ser papa

O homem que não queria ser papa

Não é nenhum segredo que Joseph Ratzinger, o brilhante teólogo da Baviera, não queria ser papa. Mas o quão árduo e penoso foi esse percurso é somente revelado neste livro de Andreas Englisch, que escreveu de dentro do olho do furacão! A decisão mais importante do pontificado de Bento XVI talvez tenha sido desistir do poder e, ao mesmo tempo, enfrentar o Colégio Cardinalício que tanto conspirou contra ele. O pensador erudito dá, assim, prova de coragem e humildade, atestando não ter a menor vocação nem para a hipocrisia nem para ser santificado. Acusado de reacionário, o papa demissionário deixa claro com seu gesto que o cargo não é nem vitalício nem sagrado. É político. Surpreende e afronta a poderosa Cúria Romana, causando-lhe estupor. Um relato emocionante e verdadeiro, que vai fazer você entender melhor como funciona o Vaticano e o que levou o papa a renunciar.

Em até 6 mensalidades de
R$ 8,32
   
Opções de pagamento
Cartão de Crédito

Em até 6x de R$ 8,32

Cartão de Débito

Em até 1x de R$ 49,90

Boleto

1 mensalidade de R$ 49,90


Será acrescido o valor das despesas postais.
Compre já!

Andreas Englisch é o mais conhecido correspondente alemão no Vaticano. Após a conclusão dos estudos de Jornalismo e Linguística na Universidade de Hamburgo, ele trabalhou como redator para os jornais Bergedorfer Zeitung e Hamburger Abendblatt.

Em 1987, transferiu-se para Roma como correspondente internacional da editora Springer, tornando-se diretor em 1992. Além do seu trabalho como correspondente, escreveu romances e livros de não ficção. Hoje, o autor vive com sua esposa e seu filho no bairro de Monteverde, próximo ao Vaticano.

Edição: 1
Ano de lançamento: 2013
Editora: Universo dos Livros
Número de Páginas? 560

Telefone: (51) 3711-4000 - E-mail: central@ipr.com.br

Instituto Padre Reus - Todos os direitos resevados.